Vítor Baía é ou não o melhor guarda-redes da história do Porto? A afirmação parece contundente, mas os números (33 títulos e 700 jogos) e Iker Casillas – votou no antigo camisola 1 como o melhor de sempre – dão-lhe (ainda mais) força.

Há 30 anos, neste mesmo dia, a lesão de Mlynarczyk e um Zé Beto “incontactável” obrigaram Quinito a lançar Baía na baliza do Porto com apenas 19 anos. A partida foi em Guimarães e, desde daí, foram 17 anos com a camisola dos dragões e 27 títulos. Quem escreve assim é o Jogo e nós concordamos.

https://twitter.com/UEFAcom_pt/status/1039485470714028032

 

Começou na Académica de Leça, com o amigo Domingos Paciência, que o acompanhou na ida para o Porto, quando ambos tinham 13 anos. 6 anos depois em Guimarães, com Correia como seu suplente (e Domingos no banco, entrou aos 83), estreou-se a titular, sofreu um golo (de Germano, aos 81) e os portistas empataram.

A guardá-lo na defesa estavam Branco e João Pinto nas alas e N’Kongolo e Dito como centrais. Na frente, Madjer tinha a companhia de Rui Águas (Fernando Gomes estava no banco).

https://twitter.com/FCPorto/status/1039439372700008448

 

Domingo 11 de setembro 1988

Estádio Municipal de Guimaráes (40 mil pessoas)

Árbitro: Veiga Trigo

Equipa titular
Vítor Baia
Branco
N’Kongolo
Dito
João Pinto
Bandeirinha
Jaime Pacheco
André
Sousa
Madjer
Rui Águas

Banco
Correia
Eduardo Luís
Rui Manuel
Domingos
Fernando Gomes

Treinador: Quinito

Artur Jorge assumiu o cargo de treinador do Porto na época 1989-90 e tinha como adjunto Octávio Machado, que recorda o antigo guarda-redes.

“É algo que não se pode esquecer. Tive este privilégio, trabalhei com o Vítor Baía todos os dias. Naquela altura, o FC Porto tinha o Zé Beto, que era internacional e o Mlyanarzik”, conta Octávio à TSF.

A titularidade no Porto custou-lhe a oportunidade de jogar o Mundial de Juniores em 1989, perdendo a possibilidade de se sagrar campeão do mundo juntamente com os colegas com quem tinha feito todo o percurso nas selecções jovens.

Casillas não resistiu e também postou sobre a sua estreia… há 19 anos.