Apareceu tarde mas em grande estilo.

Estamos a falar de Taremi (e do Porto claro).

Aquela bicicleta nos descontos deu a vitória ao Porto – ainda que insuficiente para eliminar o Chelsea e seguir para as meias-finais da Champions.

Valeu a vitória 0-1 em Sevilha. E o estilo.

 

 

Depois da derrota na primeira mão (0-2) o Porto tinha de dar a volta. Deu apenas meia volta.

Mas valeu pela nota artística.

 

Porto. Mais remates, mais cantos, mais erros