Porto e Benfica ficarão para sempre ligados às duas grandes provas europeia desta época 2020-21.

Os portistas graças ao golo de Taremi frente ao Chelsea nos quartos-de-final da Champions frente ao Chelsea – foi considerado o melhor.

Os benfiquistas porque os 7 golos de Pizzi na Liga Europa deram-lhe o título de máximo goleador da prova – juntamente com Moreno (Villarreal), Yazici (Lille) e Mayoral (Roma).

 

Taremi, o mais belo

O golo de bicicleta de Taremi deu a única derrota ao Chelsea nos 13 jogos que os londrinos fizeram até à conquista da Liga dos Campeões.

Como se isso não bastasse, o golo do iraniano foi considerado o melhor da prova.

 

Taremi. Uma bicicleta fora de horas

 

O golo do portista ficou à frente

 

Pizzi, o melhor marcador

Pizzi foi o melhor marcador da Liga Europa.

OK, foi o melhor juntamente com outros três, mas o benfiquista foi eliminado nos 16 avos-de-final (pelo Arsenal, lembram-se?).

Aqui o mesmo mérito só pode ser dado a Yazici, do Lille.

Os franceses também foram eliminados na mesma fase da prova (pelo Ajax, 4-2 no agregado).

 

Moreno teve mais 7 jogos

O que quer dizer que Moreno teve mais 7 jogos que o português e que o turco.

O espanhol foi até à final da prova com o Villarreal – e marcou contra o Man United ajudando a equipa valenciana a conquistar a prova.

 

Villarreal acaba com a maldição de Riquelme

 

Mayoral teve mais 6 jogos

Borja Mayoral teve apenas menos 1 jogo que Moreno – e também não passou da fasquia dos 7 golos.

O avançado da Roma foi até às meias-finais da Liga Europa mas o desastre de Old Trafford impediu qualquer tipo de sonho a Mayoral e à equipa.

Os romanos foram goleados em Manchester e acabou tudo ali.

 

Dos 7-1 aos 6-2 (não há amor por esta Roma)