O recorde da maior goleada no campeonato holandês já era do Ajax: 12-1 ao Vitesse em 1972.

Nessa segunda-feira de há 48 anos, no dia 22 de maio, a última jornada do campeonato foi comemorada em grande estilo pelo Ajax de Cruyff.

Já campeões, vinham da vitória na final da Taça frente ao Haia (3-2) e iam para o triunfo na final da Taça dos Campeões com o Inter (1-0).

 

Ajax 1971–73, não há (nem houve) nada melhor do que isto

 

Pelo meio desses dois jogos infligiram uma goleada inesquecível ao Vitesse:

  • 4 golos de Johan Cruyff 32, 42, 47 e 78
  • 3 golos de Johan Neeskens 10, 28 e 88
  • 3 golos de Dick van Dijk 49, 51 e 81
  • 1 de Gerrie Mühren 63
  •  e outro de Barry Hulshoff 70

Depois dessa tripla conquista e da goleada por 12-1 pensávamos que já tínhamos visto tudo.

Mas não.

Até aparecer este Ajax “de Lassina Traoré” – autor de 5 dos 13 golos impostos ao Venlo.

  • Lassina Traoré 17 32 54 65 87
  • Jurgen Ekkelenkamp 12 57
  • Dusan Tadic 44,
  • Antony 55
  • Daley Blind 59
  • Huntelaar 74 (gp) 76
  • Lisandro Martínez 78

 

Christiam Kum foi um dos “culpados” com a expulsão que precipitou a derrocada do Venlo.

 

 

O resto foi uma história repetida e uma vítima mais vítima que as outras vítimas do Venlo: o guarda-redes Delano van Crooy.