A noite em Old Trafford teve de tudo.

Carrick no banco e Ragnick na bancada.

O golo 800 e 801 na carreira de Ronaldo

E uma bizarrice que foi o golo de Smith-Rowe.

 

 

De Gea no chão… e golo

Comecemos pelo golo do Arsenal: Smith-Rowe viu De Gea no chão e rematou.

Podia? E o fair-play? E o árbitro não devia ter repetido o lance – sem guarda-redes o jogo não pode prosseguir.

De Gea foi pisado pelo companheiro de equipa Fred.

 

 

O árbitro foi ao VAR e validou o golo.

A noite começava de sonho para o Arsenal – mas iria terminar em pesadelo.

Bruno Fernandes marcaria o golo do empate ainda na primeira parte: ao jogo 100 o médio chegou aos 45 golos.

 

 

Quem atingiu (mais uma) marca histórica foi Cristiano Ronaldo.

Nesta sua segunda vida no Man United (depois da primeira etapa entre 2003-2009) chegou à marca impressionante dos 800 golos.

Melhor: 801.

 

 

Ronaldo leva 12 golos em 16 jogos esta época vestido de diabo vermelho.

Todos os golos do português foram decisivos:

  • 9 golos abriram vantagem no marcador 
  • 3 golos empataram o jogo

É o líder em golos decisivos (12) entre todos os jogadores da Europa.