Olmo García é conhecido por andar sem roupa na cidade de Granada.

O empresário granadino não podia falhar a oportunidade de fazer o mesmo num jogo de futebol.

E nada melhor do que escolher a partida mais importante da história do Granada.

«No creo que esté mal de la cabeza por ir desnudo de acuerdo a una filosofía o unos ideales. No molesto a nadie y creo que esto hace bien a la sociedad» Olmo García

A equipa grandina joga pela primeira vez a hipótese de atingir pela primeira vez uma meia-final europeia (neste caso a Liga Europa).

Há 2 anos o Granada estava na 2ª divisão e agora enfrenta o Man United nos quartos-de-final.

 

Destaques: a Roma ganhou, o Bruno marcou e o Arsenal empatou

 

Mesmo à porta fechada e sem público, García conseguiu entrar no estádio Nuevo Los Cármenes e correr nu no esplendor da relva, interrompendo o jogo desta quinta-feira.

O que Olmo García quer é reivindicar a sustentabilidade humana e ambiental. E fá-lo da maneira mais ecológica (com quase pegada nenhuma).

 

 

O empresário, dono desde 2004 de um armazém dedicado à venda de proteínas e alimentos para desportistas, começou a andar sem roupa no verão de 2016.

Depois de uma viagem ao Baquador e EUA decidiu caminhar mais leve para se sentir «mais e melhor pessoa».

Já foi visto assim (nu) no Alhambra, a escalar a catedral de Granada em cuecas ou completamente despido nas pistas geladas de esqui da Sierra Nevada.

 

Ajax teve tudo: um panenka falhado, um frango monumental e um míssil