Mais um jogo de loucos na NBA. Os Houston Rockets (5.º) visitaram os San Antonio Spurs (12.º) num encontro repleto de reviravoltas, overtimes e um afundanço de Harden que está a dar que falar.

6 Dezembro 01h05
NBA
Toronto Raptors vs Houston Rockets
1.66 – 2.05

 

 

Tudo se passou assim.

Até ao 3º período os Rockets lá iam dominando o jogo e chegaram inclusive a estar com 22 pontos de vantagem sobre os Spurs – tudo parecia encaminhado para somarem a 3ª vitória consecutiva.

Depois de reviravoltas atrás de reviravoltas e após 2 overtimes, a equipa de San Antonio conseguiu mesmo levar a melhor sobre Harden e companhia, num jogo que ficará certamente nas memórias desta temporada.

A vitória foi impressionante, arrancada a ferros e perante um James Harden que continua a banalizar os registos em mais uma partida com 50 pontos – são já 21 jogos onde chegou à marca dos 50 pontos e está neste momento a 4 de Kobe e a 10 de Michael Jordan.

O jogo ficou no entanto marcado por outro momento, não fossem estes registos já uma ocasião completamente normal para Harden. É impossível não falar de outra coisa esta semana se não daquele lance protagonizado pelo americano no 4º e último período do encontro.

Um roubo de bola fantástico que lançou o barbas em direção do cesto adversário sem qualquer tipo de oposição. Os 2 pontos pareciam certos e um poderoso afundanço adivinhava-se.

Foi tudo isso com uma pequena excepção – o cesto não foi validado.

 

 

Afinal de contas, entrou ou não entrou?

O lance foi caricato e deixou toda a gente pasmada. A força com que Harden afundou a bola no cesto fê-la entrar e criar um efeito que puxou a bola para cima dando a ilusão de que teria voltado a entrar por baixo do cesto.

Resutado: os árbitros consideraram infração e não validaram os 2 pontos que poderiam ter dado a vitória no final do tempo regulamentar aos Rockets.

 

 

Entretanto o próprio árbitro do encontro James Capers, no relatório de jogo, referiu que de facto a decisão não foi a mais correta e que o cesto deveria ter sido validado, uma vez que a bola entrou e simplesmente subiu e tocou no aro.

Depois disso, Harden e os Rockets passaram os 30 segundos – tempo disponibilizado para contestar a decisão – a reclamar e o cesto que poderia ter sido revisto acabou mesmo por não contar.

 

 

O jogo terminou 135-133 para a equipa da casa e Harden completou mais um jogo com 50 pontos. Próxima paragem dos Rockets será em Toronto para defrontar os Raptors, os terceiros da conferência este.