O campeão Man City esteve a vencer por 0-2 na segunda parte. Mas perdeu 3-2.

Perdeu graças a um grande golo de Trossard.

Calma.

O golo de Phoden que dá o 0-2 é fe-no-me-nal – partiu ANTES do meio-campo com a bola e só terminou a bater Sánchez.

Mas o de Trossard também não é nada de se deitar fora (vão ver).

 

Vamos por partes, porque foi um jogo de loucos:

  • o City marcou logo aos 2 minutos
  • Cancelo foi expulso aos 10 minutos
  • Phoden faz o 0-2 aos 48 minutos

Parecia que a coisa estava no papo, apesar de ter menos um jogador. Guardiola costuma acautelar estas situações.

E o City é uma das equipas que menos golos sofre.

Continua a ser a melhor defesa apesar dos 3 golos sofridos esta terça-feira: tem 32 golos sofridos (só o Chelsea com 34 fica perto).

 

 

Avalanche do Brighton

Com menos um jogador – devido à expulsão de Cancelo – e a jogar em casa (com algum público) o Brighton foi para cima do City.

Sufocante.

Em 26 minutos 3 golos.

Primeiro foi Trossard a detroçar a defesa do City (Rúben Dias incluído), depois foi Webster e cinco minutos depois Burn.

Foi tudo abaixo.

 

E Alisson tornou-se o primeiro guarda-redes a marcar pelo Liverpool