Já vimos tudo no futebol. Nunca tudo ao mesmo tempo.

Até esta quinta-feira. Estamos a falar do amontoado de coisas estranhas no jogo Ajax-Roma 1-2 na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa.

Antes, muito antes disto tudo, houve o primeiro erro de todos: o atraso de Diawara.

 

Primeiro erro

A bola ficou a meio caminho de Mancini e Klaassen interceptou-a para a acabar por marcar o primeiro golo.

Foi o primeiro (erro) mas não o único.

 

Destaques: a Roma ganhou, o Bruno marcou e o Arsenal empatou

 

Panenka falhado

Depois Tadić armou-se em Panenka no penálti que daria o 2-0 para o Ajax.

E Pau López chamou-lhe um figo: nem se mexeu para defender a bola.

Pau López a seguir ao falhanço de Tadić… querias | foto IMAGO

 

Na outra baliza – e já depois de Kjell Scherpen ter feito uma grande defesa – veio um frango monumental.

 

 

O livre de Pellegrini acabou dentro da baliza dos holandeses, com a preciosa ajuda de Scherpen.

 

Até que mesmo no final houve o míssil de Ibañez. Para compor o ramalhete.