Tadej Pogačar estava a 57 segundos do primeiro e tudo levava a crer que a camisola amarela ficava no torso do líder Primož Roglič e este entraria em Paris na última etapa como o grande vencedor do 107º Tour.

Tudo bem, ambos são eslovenos e a vitória na Volta à França ficava em casa: na Eslovénia queremos dizer.

Mas o que Pogačar (UAE-Team Emirates) fez não tem paralelo nos tempos recentes. E fica para a história como um dos grandes momentos do desporto e um dos melhores de sempre no Tour.

 

https://twitter.com/itvcycling/status/1307352449687130112

 

O esloveno de 21 anos (a dois dias de fazer 22) galgou os 36,2 quilómetros no contra-relógio entre Lure e La Planche des Belles Filles, tragou os 57 segundos que tinha de atraso para o vencedor antecipado Roglic (este estava pronto para juntar o Tour a uma Vuelta e a um terceiro lugar no Giro) e acrescentou-lhe outros 59 segundos para se tornar o mais jovem vencedor do Tour desde 1904.

Impressionado?

(Para a história como o mais novo fica ainda Henri Cornet, que o fez a poucos dias de completar 20 anos ao vencer a segunda edição da prova, com 19 anos, 11 meses e 19 dias)

O que Pogačar fez na penúltima etapa foi escanadaloso, estamos todos de acordo.

 

 

A última etapa nas ruas de Paris, realizada no domingo, valeu apenas para cumprimento do regulamento – nenhum outro cicilista poderia alcançar Pogačar.

O irlandês Sam Bennett foi o mais rápido da 21ª etapa de encerramento da Volta à França e garantiu a camisa verde.

 

3 vezes como Mercx

Com a amarela vestida, o esloveno coloca o seu país pela primeira vez no topo do Tour. Mas não é tudo.

Pogačar chegou a Paris como o líder das classificações de montanha e da Juventude, ou seja, vai receber também a camisola branca, dada aos ciclistas até 25 anos, e a camisola branca com bolinhas, dada ao rei da montanha.

Conseguir as 3 camisolas, amarela, branca e às bolinhas só Eddy Merckx, em 1969, o tinha feito.

 

Etapa 20

  • 1º Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) 55m55s
  • 2º Tom Dumoulin (Jumbo-Visma) +1m21s
  • 3º Richie Porte (Trek-Segafredo) mesmo tempo
  • 4º Wout van Aert (Jumbo Visma) +1m31s
  • 5º Primoz Roglic (Jumbo-Visma) +1m56s