Fernando Pimenta venceu o bronze no K1 1000 e é o primeiro com duas medalhas desde Fernanda Ribeiro.

Uau.

Uma escalada em Tóquio que começou com o judoca Jorge Fonseca, depois a triatleta Patrícia Mamona e agora o canoísta Fernando Pimenta.

com a medalha de pimenta Portugal iguala o melhor registo em Jogos Olímpicos, reeditando as três subidas ao pódio de Los Angeles 1984 e Atenas 2004

 

 

 

Pimenta é o quarto bi

Apenas 3 atletas antes de Pimenta tinham conseguido juntar juntar duas medalhas.

Carlos Lopes quando conquistou o primeiro ouro de sempre para Portugal nos Jogos de Los Angeles 1984 ja trazia uma prata nos 10mil metros obtida em Montreal 1976.

O maratonista falhou os Jogos de Moscovo em 1980 devido a lesão mas seria campeão quatro anos depois em LA com recorde olímpico (marca que só seria batida em PEquim 2008

Depois seguiu-se Rosa Mota e novamente a maratona.

A fundista conquistou o bronze em Los Angeles antes de alcançar o ouro em Seul 1988.

Fortes no fundo e meio fundo, Portugal voltaria a alcançar o ouro – 3 das 4 medalhas de ouro portuguesas foram alcançadas nestas disciplinas.

Foi em Atlanta 1996 com Fernanda Ribeiro nos 10 mil metros – em Sydney a atleta alcançaria o bronze.

«Se calhar daqui a uma semana, quando voltar a olhar para a medalha e a vir ao lado da minha filha, vou pensar de outra forma e estar muito mais feliz. São duas medalhas em Jogos Olímpicos» Pimenta

21 anos depois de Ribeiro, Pimenta também fez o bis.

Fernando Pimenta já trazia uma prata no K2 1.000 metros, com Emanuel Silva, em Londres 2012 – e foi ao podio agora em Tóquio.