Há três momentos que marcam a carreira de Andrés Iniesta:

Iniesta no relvado muito depois de o seu último jogo pelo Barcelona ter acabado | Pedro Salado IMAGO

 

É disto que nos lembramos quando falamos de Iniesta.

Lembramo-nos disso e dos passes e assistências que fez para companheiros cheios de sorte – e golos, muitos golos.

Agora existe o documentário “Andres Iniesta: The Unexpected Hero”, de Oriol Bosch, para nos relembrar isso e muito mais, com os depoimentos de Messi, Neymar, Luis Suárez, Guardiola, Sergio Ramos e Xavi.

Tudo malta a dizer bem – porque essa é outra imagem que temos do franzino e calvo número 8 naquele meio-campo do Barça: é tudo sossego e humildade.

 

 

Ver onde? É um exclusivo da Rakuten TV.

O documentário foca a vida de Iniesta e na sua incrível carreira (estamos a falar de 9 títulos na La Liga e 4 Champions) nos 16 anos passados na Catalunha.

Mas também lembra o difícil início na academia juvenil do Barcelona, La Masía, até à sua meteórica ascensão até à fama.

As melhores etapas no Barça e na seleção são lembradas. E claro o seu golo na final do Mundial da África do Sul em 2010. E recentemente a sua chegada ao Vissel Kobe, no Japão.

Ficamos também a saber algumas curiosidades como a do boom de nascimento de bebés registado 9 meses após o golo de Iniesta contra o Chelsea.

Jesus Montesinos, autor de um estudo sobre o assunto, fala sobre como esse golo naquela meia final da Champions de 2009 pode ter levado a uma nova leva de espanhóis.

«Olhamos para os nascimentos. 11 mil nascimentos em cinco anos. Notamos que estava estável, com exceção do mês de fevereiro de 2010, nove meses após o ‘Maio das Taças’, que contou com um aumento de 16% nos nascimentos»

“Estou feliz por poder contribuir para um trabalho tão importante”, diz Iniesta.