A Final Four da Taça da Liga arranca primeiro com o Sporting CP-FC Porto nesta terça-feira e no dia seguinte com o SC Braga-SL Benfica.

É como se fosse uma reunião do G4 do futebol português, todos à beira do rio Lis. São os primeiros classificados da Liga NOS e vão discutir o campeão de inverno.

 

FC Porto vs Sporting

Os dados inverteram-se. É o Sporting o líder do campeonato, e o FC Porto quem corre atrás do prejuízo.

Os rivais chegam ao clássico depois de jornada interna desapontante.

O Sporting empatou em casa com o Rio Ave, perdendo hipótese de fugir na classificação, e o FC Porto foi dominado no Dragão pelo seu eterno rival Benfica.

 

 

4x4x2 vs 3x4x3

Confronto entre modelos bem diferentes. Como encaixarão?

O Sporting não mudará a sua pressão habitual com os três da frente a saltarem entre centrais e o lateral do lado da bola, ficando o lateral leonino do lado oposto incumbido de dividir a pressão entre lateral azul e extremo.

Para sair do pressing leonino, o FC Porto terá de acentuar as variações de corredor para posteriormente sair na velocidade de condução dos seus laterais.

Do outro lado dúvidas sobre quem Sérgio Conceição utilizará substituindo o maestro Sérgio Oliveira, e sobre como pressionará a saída a três dos leões.

Com um médio a sair a Coates, ou ala a sair a um dos centrais mais abertos?

A marca das ausências poderá fazer-se notar e condicionar o jogo e o possível vencedor.

Contudo, Leiria receberá garantidamente um jogo de matriz tática bem delineada.

Com um Porto mais desfalcado, mas ainda assim com o comandante Pepe, e um Sporting mortífero nas saídas rápidas, o finalista do primeiro jogo será incerto até ao apito final.

 

A juventude leonina e a portista também merecem uma oportunidade