Chama-se Maya Reis Gabeira, é brasileira do Rio, tem 31 anos e é surfista. A partir de agora é a maior surfista do mundo. Com os seus 1,68 metros enfrentou (e surfou) uma onda de 20,27 metros – já o tinha feito em 2013 e a coisa correu muito mal. Agora deu certo: foi a maior onda que uma mulher já surfou. Na Nazaré, claro. foi no dia 18 de janeiro deste ano.

Lá num país cheio de cor
Nasceu um dia uma abelha,
Bem conhecida p’la amizade
Pela alegria e p’la bondade.
Todos lhe chamam a pequena abelha Maia,
Fresca, bela, doce abelha Maia.
Maia voa sem parar
No seu mundo sem maldade.

 

 

Até que enfim, Maia.

“Este reconhecimento significa muito para mim. Sempre sonhei poder dizer que surfei a maior onda que uma mulher já surfou. Sempre foi um sonho.”

Maia podia não estar nesta onda, depois do grave acidente que teve no mesmo local há cinco anos.

“A minha história com a Nazaré não começou da melhor forma. Demorei muitos anos para conseguir voltar e poder atingir este objetivo, depois de um grande período em que não sabia se ia voltar a surfar em alta performance”

Nos homens, o recorde também é de um brasileiro: Rodrigo Koxa surfou a maior onda do mundo, na Nazaré claro, e bateu o recorde de McNamara por 61 centímetros, com uma onda de 24,38 metros.

Foi a 8 de novembro de 2017, na Praia do Norte.

 

 

Bom, para se perceber a dimensão da onda, dê uma espreitadela no 60 Minutes: