É assim Tuchel: a primeira derrota e logo com sabor a goleada no Chelsea veio de onde menos se esperava.

Não é sempre assim?

Em Stamford Bridge a derrota 2-5 perante o WBA penúltimo classificado da Premier League caiu que nem uma bomba.

Tuchel chegou e só venceu. Ou melhor nunca tinha perdido.

 

Calhou o Chelsea ao Porto. E agora?

 

O treinador alemão chegou a 26 de janeiro para o lugar de Lampard e:

  • colocou o Chlesea no quartos-de-final da Champions (o que não acontecia desde 2013-14)
  • não perdeu os 13 primeiros jogos
  • e estava lançado para ficar entre os 3 primeiros

Esqueçam isso tudo.

 

Matheus: 2 golos e 2 assistências

Contra o penúltimo o Chelsea deitou tudo a perder.

Derrota 2-5 e muito por culpa do ex-sportinguista – marcou os 2 primeiros golos e assistiu os 2 últimos.

Mais uma maldade de Matheus para desespero de Meny e Azpilicueta | foto Clive Rose IMAGO

 

Acuña deu cabo do Atlético

Já tínhamos falado disto aqui na news.moosh. E parece que vai mesmo acontecer (estamos a falar de o Atlético deixar fugir a La Liga).

O Atlético teve o título esteve no bolso – chegou a ter 11 pontos de avanço sobre o segundo (hoje pode ficar a 1 se o Barça vencer o Valladolid).

Aquele início de fevereiro foi catastrófico para Simeone com a perda de 7 pontos em 3 jogos:

  • Celta 2-2
  • Levante 1-1
  • Levante 0-2
    Seguir-se-iam mais 2 empates com Real Madrid (1-1) e Getafe (0-0)

Agora, a equipa saiu derrotada de Sevilha. Arrisca-se a ficar a 1 ponto do Barcelona faltando uma visita a Camp Nou na 35ª jornada.

E ainda há o Real, mesmo ali à perna – venceu o Eibar 2-0 e está só a 3 pontos.

 

 

Bayern, aquela máquina

Quem não vacila (ao contrário do Altético) é o Bayern.

Mas isso já (todos) sabíamos.

Estávamos era desconfiados devido à lesão de Lewandowski (vai parar 4 semanas devido a um joelho machucado).

Mesmo assim, o Bayern foi a casa do RB Leipzig vencer – e ficar de vez sem oposição ao 10º título CON-SE-CU-TI-VO na Bundesliga.

 

 

Lille, 4ª título da história?

Ninguém dava nada pelo Lille nesta época.

Havia o PSG (crónico candidato ao título com 7 títulos em 8 anos) e o Lyon com alguma esperança.

Mas o Lille?

Agora sim, o Lille – campeão em  1945–46, 1953–54 e 2010–11 arrisca-se a acrescentar um quarto troféu à vitrina.

A 7 jornadas do fim tem 3 pontos de vantagem sobre o PSG – graças ao triunfo em Paris neste sábdo 0-1.

Bastou um golo de Jonathan David.

 

 

A Juve fora da Champions?

Se o impensável aconteceu a Tuchel o que dizer da Juventus?

O empate 1-1 no dérbi de Turim deixou a Juve ainda mais para trás na luta pelo scudetto – o vencedor dos últimos 8 títulos em Itália está a 12 pontos do Inter.

 

 

Mas pior do que o adeus ao título é ficar fora dos lugares da Liga dos Campeões.

O empate atirou a equipa de Pirlo para o 5º lugar, atrás do Nápoles.

  • 1º Inter 68
  • 2º Milan 60
  • 3º Atalanta 58
  • 4º Nápoles 56 
  • 5º Juventus 56
    Só os 4 primeiros vão à Champions

Quem não vacila é o Inter.

O Milan empatou com a Sampdoria (1-1) e a Atalanta passou para 3º com o triunfo 3-2 sobre a Udinese.

O Inter foi a Bolonha vencer 0-1 e colocar uma mão no scudetto: 11 anos depois.