Ronaldo não pára.

Nem pensar nisso. Dúvidas?

É o melhor marcador da Série A com 23 golos, mais 4 que Lukaku. E em Madrid não se fala noutra coisa se não o seu regresso ao Real.

E na seleção?

Lá está ele para bater uma data de recordes. Quais?

 

Arranca Portugal

 

Na qualificação aos Mundiais CR é, aos 36 anos, o melhor europeu com 30 golos em 38 encontros.

E se juntarmos as fases finais, o português já leva 37 golos – aqui só é superado por Carlos Ruiz, que marcou 39 golos pela Guatemala, todos em fases de apuramento.

 

Ali Daei no caminho

De regresso à seleção para ajudar a equipa de Fernando Santos a ultrapssar a jornada tripla de qualificação aoi Mundial 2022 – com Azerbaijão, Sérvia e Luxembrugo – Ronaldo tem outro recorde em mente.

O do iraniano Ali Daei.

O português tem 102 golos em 170 internacionalizações e está apenas a 7 do avançado do Irão – que deixou de competir em 2006.

 

Quem é Ali Daei, o senhor dos 109 golos?

 

5ª presença num Mundial

Mas há mais para CR7.

Caso Portugal consiga qualificar-se para o Mundial do Qatar será a quinta presença de Ronaldo numa fase final de um Campeonato do Mundo.

Aqui, apenas 4 jogadores o conseguiram fazer:

  • Antonio Carbajal (México)
  • Rafael Márquez (México)
  • Lotthar Matthäus (Alemanha)
  • e Gianluigi Buffon (Itália)

Depois de ter chegado às meias-finais em 2006, aos oitavos-de-final em 2010 e 2018 e de ter ficado pela fase de grupos em 2014, o que se segue na senda de Cristiano?

Uma final e mesmo a conquista do Mundial é a única coisa que falta no CV de Ronaldo.

«O único título que falta na carreira do Cristiano, depois de ter vencido o Euro 2016, é um Campeonato do Mundo. Pelos clubes, já ganhou tudo. Mas não é só ele que quer. Todos estão empenhadíssimos» Fernando Santos

Para já a qualificação e o recorde de Ali Daei.

Marcar ao Azerbaijão é algo que CR já sabe como fazer.

Em 3 jogos com a seleção azeri marcou dois golos, bisando na vitória por 3-0 em 2006, no Bessa, na qualificação para o Euro 2008.

Na altura foi o seu terceiro bis pela seleção. E hoje?