Portugal joga neste domingo a última cartada rumo à qualificação direta ao Campeonato do Mundo do Catar.

Portugueses e sérvios discutem o primeiro lugar no Grupo A – com vantagem para a seleção de Fernando Santos.

Basta um empate para se manter líder e seguir para o Mundial 2022.

 

O senhor Tadic

Em 5x2x3.

Tadic, o puro talento criador jogará nas costas de Vlahovic e de Mitrovic, o avançado que tem dinamitado o Championship marcando incessantemente.

Nas suas costas Milinkovic-Savic e Gudelj serão o suporte em cobertura ao trio ofensivo, enquanto por fora Radonjic, extremo do Benfica, e Kostic surgirão para criar desequilíbrios.

O poderio individual da Sérvia constitui uma ameaça ao jogo luso, mas há pontos a explorar.

 

Ronaldo e a Sérvia: ai entrou, entrou

 

Palhinha-Moutinho-Bruno

O balanço ofensivo dos três da frente desguarnece o poderio no sector intermédio, e aí com João Palhinha, Moutinho e Bruno Fernandes, Portugal terá a superioridade numérica que permitirá circular em largura permitindo criar superioridade nos corredores laterais.

Aí a velocidade furiosa de Cancelo à direita e de Nuno Mendes à esquerda terão todas as condições para um processo de criação elevado, enquanto Bernardo Silva e Diogo Jota surgirão ainda para aumentar superioridade lusa nas bandas.

 

Ja está: Brasil no Mundial (invicto e com recorde à vista)

 

A chegada a criação pelos corredores laterais será o maior ponto de vantagem luso que na área terá Cristiano Ronaldo para dar seguimento na zona de finalização ao jogo que Nuno Mendes, Cancelo, Bernardo e Diogo Jota poderão proporcionar.

O trio de centrais da Sérvia poderá constituir uma proteção relevante na zona onde Jota e Ronaldo surgirão para finalizar os lances, mas mesmo numa partida que se prevê de domínio luso, a obrigatoriedade de vencer da Sérvia para ultrapassar Portugal na classificação, poderá levará a um desposicionamento e risco maior com o passar dos minutos.

E aí, o espaço que se abrirá para as investidas em condução de Bruno Fernandes e Bernardo à procura de solicitar os movimentos de Jota e Ronaldo poderão sentenciar o apuramento.

É em casa, numa Luz repleta e com organização e desta vez, talento em campo.

Hoje é dia de descobrir o caminho para o Mundial do Catar.