Luis Suárez e Cavani (e Coates e Darwin) vão estar on Catar?

Não sabemos.

Esta quinta-feira de madrugada vamos ter um Brasil-Uruguai e aquele que outrora foi um dos maiores clássicos da América do Sul é agora uma incógnita.

Por culpa dos uruguaios claro.

 

Brasil praticamente qualificado

Na última partida em Barranquilla o Brasil empatou com a Colômbia 0-0.

Foram os primeiros pontos perdidos pela equipa de Tite nesta qualificação ao Mundial do Catar 2022.

O Uruguai tem em risco a entrada direta no Campeonato do Mundo.

 

 

Classificação

  • 1º Brasil 28 pontos
  • 2º Argentina 22
  • 3º Equador 16
  • 4º Uruguai 16
  • 5º Colômbia 15
  • 6º Paraguai 12
  • 7º Peru 11
  • 8º Chile 10
  • 9º Bolívia 9
  • 10º Venezuela 7
    Os quatro primeiros apuram-se diretamente para o Mundial. O 5º joga um playoff com um adversário da Ásia ou da Oceania

 

Rivais, mas pouco

Tivemos o famoso Maracanazo em 1950, a mais dolorosa derrota de todos os tempos do Brasil – imposta pelo Uruguai que somou aí o seu segundo e último título Mundial.

Para o Brasil essa derrota na final em pleno Maracanã foi pior que os 7-1 da Alemanha em 2014.

 

“Apenas três pessoas calaram o Maracanã: Sinatra, o Papa e eu”

 

Há 70 anos contra o Uruguai o futebol brasileiro lutava pelo seu primeiro Mundial. Há seis anos com os alemães perseguiam o sexto ceptro.

  • 77 jogos
  • 37 vitórias canarinhas
  • 20 empates
  • e 20 vitórias da Celeste
    (as vitórias celestes foram quase todas no século passado)

Desde 2000 foram disputados 12 jogos – com apenas uma vitória uruguaia, exatamente na primeira partida do século XXI: e seis vitórias brasileiras.

 

Invencibilidade brasileira

Em Manaus a invencibilidade de 11 jogos no Brasil nesta fase de qualificação deve ser mantida.

O empate na Colômbia foram os primeiros pontos perdidos por Tite.

A derrota do Uruguai com a Argentina 3-0 deixa a seleção de Óscar Tabárez em quarto lugar, ameaçada de perto pela Colômbia.