O Qatar é já ali – pouco mais de uma semana e já estamos a jogar o Mundial.

https://www.moosh.pt/promocoes/view/sem-risco-50/

Fernando Santos anunciou o lote de jogadores que vão primeiro tentar a fase de grupos (estão com o Gana, Uruguai e Coireia do Sul).

E depois os oitavos (começam a 3, 4, 5 e 6 de dezembro), a seguir os quartos (9 e 10 de dezembro), as meias (13 e 14) e se tudo correr mesmo muito bem a final (18).

Se for assim-assim o terceiro lugar disputa-se a 17 de dezembro.

Confira todo o calendário da prova.

 

Os que ficaram de fora

Mas antes dos jogadores que foram chamados há aqueles que N-Ã-O foram chamados. OS chamados chateados-com-Fernando-Santos.

Renato Sanches, Gonçalo Guedes, José Fonte, Gonçalo Inácio, Pedro Gonçalves, Diogo Jota ou João Moutinho.

 

 

Os seus nomes constavam na lista de pré-convocados mas foram riscados e vão falhar a mais importante competição de futebol do mundo.

Diogo Jota era o único que não integrava esta pré-lista devido a lesão e assim permaneceu – de fora.

 

 

Os que vão com tudo

Depois dos que ficam no sofá a assistir ao Mundial pela TV (ou ipad ou telemóvel ou nem mesmo ver o torneio) há os que vão mesmo para dentro do campo (mais de metade ficam no banco).

As grandes novidades são o lote de benfiquistas convocados, como o estreante absoluto António Silva e o avançado Gonçalo Ramos.

https://www.moosh.pt/sports/futebol/mundial-2022/

 

Guarda-redes
Diogo Costa (FC Porto), José Sá (Wolverhampton) e Rui Patrício (AS Roma)

Defesas
Diogo Dalot (Man United), João Cancelo (Man City), Danilo Pereira (PSG), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Man City), António Silva (Benfica), Nuno Mendes (PSG) e Raphael Guerreiro (B. Dortmund)

Médios
João Palhinha (Fulham), Rúben Neves (Wolverhampton), Bernardo Silva (Man City), Bruno Fernandes (Man United), João Mário (Benfica), Matheus Nunes (Wolverhampton), Otávio Monteiro (FC Porto), Vitinha (PSG) e William Carvalho (Bétis)

Avançados
André Silva (RB Leipzig), Cristiano Ronaldo (Man United), Gonçalo Ramos (Benfica), João Félix (A. Madrid), Rafael Leão (AC Milan) e Ricardo Horta (SC Braga)