Estava 2-1 para o Leicester quando os 5 minutos de desconto se esgotaram.

Era agora apenas esperar descontos sobre descontos do tempo dado pelo árbitro Jon Moss.

É aí que entra Steven Bergwijn – e a reviravolta mais louca nos desocontos da história da Premier League (com ressalva óbvia para Aguero).

 

Adeus Kun, o fim de uma era de Aguueeerrrrrooooo

 

Bergwijn e os outros

Antonio Conte esteve perto de encaixar a sua primeira derrota na Premier League como treinador do Tottenham.

Esteve a segundos disso.

O 2-1 do Leicester aos 90-5 indicavam isso.

 

 

Golos de Daka e Madison (contra o único de Kane) deixavam o Leicester em boa posição.

Só que havia alguém entrado aos 70 minutos que não estava disposto a isso: Steven Bergwijn.

 

 

Em 80 segundos mudou o rumo da coisa.

Primeiro numa recarga, o segundo numa desmarcação a passe de Kane.

E assim entrou para a história.