O 6-0 da Espanha à Alemanha foi a maior goelada de sempre a um campeão do mundo. E foi a maior derrota dos alemães desde o desaire com a Áustria em 1931, quando os austríacos foram a Berlim meter 6.

Estamos entendidos sobre a barbaridade do que se passou na La Cartuja, em Sevilha?

Com um ponto a menos que a Alemanha, a Espanha tinha de ganhar para seguir para a Final Four da Liga das Nações (as duas seleções tinham empatado 1-1 em Estugarda na primeira volta).

E não fez por menos: Morata e Ramos entraram a abrir e avisaram Neuer aos 2 e aos 7 minutos. E aos 17, o avançado da Juventus marcou mesmo com uma cabeçada cheio de força.

 

 

A Espanha até viu um golo mal anulado (não há VAR nesta fase da prova), mas mesmo assim não descansou.

E deu palco a um goleador desconhecido até aqui: Ferrán Torres marcou 3 golos.

  • Álvaro Morata 17
  • Ferrán Torres 33, 55 e 71
  • Rodri Hernández 38
  • Mikel Oyarzabal 89

 

https://twitter.com/playmaker_PT/status/1329017039370022918

 

 

Espanha e França à espera da Bélgica e da Itália

Duas coisas são certas: Espanha e França estão na Final Four da Liga das Nações.

Os espanhóis arrumaram com a Alemanha de forma irrepreensível (como já vimos com o 6-0 em Sevilha) e os franceses correram com Portugal (vieram a Lisboa vencer 0-1) – e ontem golearam a Suécia 4-2.

Agora estão as duas seleções sentadinhas à espera do fecho da 6ª e última jornada – que se joga na noite desta quarta-feira – para ver quais são as duas seleções que se juntam à fase final que se jogará entre 6 e 10 de outubro de 2021.

Aposta Moosh
Bélgica 1,71 vs Dinamarca 4,80

 

Uma das seleções apuradas sairá do confronto de hoje em Heverlee: o empate servirá aos belgas que têm mais 2 pontos que os dinamarqueses.

No outro grupo, a Itália tem tudo para se juntar à final a quatro de outubro do próximo ano.

Aposta Moosh
Bósnia 8,25 vs Itália 1,34

 

Uma vitória em Sarajevo sobre a Bósnia apurará os italianos, mas um deslize frente à última classificada pode abrir a porta à Polónia ou à Holanda que se defrontam na cidade polaca de Chorzów.

Os italianos têm mais 1 ponto que a Holanda e 2 que a Polónia.