O Dragão recebe um Braga mal classificado, mas bastante perigoso e em mudanças numa jornada de vital importância.

A recente primazia por um perfil de jogador mais capaz tecnicamente de Sérgio Conceição tem trazido um FC Porto com melhor chegada a zonas de finalização, e com entradas interiores que se juntaram já ao muito forte jogo exterior assente maioritariamente na grande capacidade de cruzamento de Alex Telles e na finalização aérea fácil de Soares.

Sexta-feira 19h00
Primeira Liga
Porto vs Braga
1,45 – 4,15 – 6,05

Com um Braga agora de Rúben Amorim organizado estruturalmente numa linha de 5, capaz de controlar o espaço entre linhas por dentro da sua organização, dando mais espaço fora, esse serviço no cruzamento ao ponta de lança Soares será ainda mais notório e será uma das maiores armas para chegar ao golo dos azuis.

 

 

 

A equipa que chega da Pedreira retomou a organização ofensiva do passado com Abel, colocando os três avançados no corredor central e oferecendo todo o corredor lateral às cavalgadas de Esgaio e Sequeira.

É sobretudo na forma como a equipa arsenalista procura os apoios frontais de Paulinho, Ricardo Horta ou Trincão por dentro, para depois acelerar que chegará o maior perigo.

 

 

Promessas de emoção, golos repartidos e uma possível surpresa na cidade do Porto.