Há muito PSG nisto.

Ou seja, podia haver ainda mais PSG nestas conquistas europeias do Chelsea e do Villarreal.

Tuchel e Emery são campeões europeus – o alemão venceu a Champions com o Chelsea e o espanhol a Liga Europa com o Villarreal.

 

 

Foram ambos treinadores no PSG, antecessores do argentino Pochettino.

E esta?

Resta chorar aos parisienses. E esperar por melhores dias.

 

A angústia de De Gea no momento de bater o penálti

 

Ingleses no Porto

Já sabíamos que ia ser uma Champions à inglesa: frente a frente o já campeão inglês City contra o 4º classificado Chelsea.

Também já sabíamos quem iam ser as figuras: KDB e Kanté. Era inevitável.

Se o blega saiu lesionado mais cedo, o francês ocupou o campo todo e foi considerado o melhor jogador da final.

 

 

N’Golo de Havertz

Um golo de Kai Havertz bastou para o Chelsea voltar a ser campeão europeu.

E impedir o City de o ser (nunca foi campeão da Europa e esta foi a vez em que esteve mais perto).

É um papa-finais este Chelsea.

 

 

Havertz foi calmo na saída de Ederson. Sereno na finta e letal na finalização.

Thomas Tuchel ganhou a Liga dos Campeões à segunda final consecutiva.

Pep Guardiola contará mais um ano sem a reconquistar – falhou a sua terceira Champions, o único título que lhe falta vencer com o City.

Mas o MVP da final (já o tinha sido na meia-final) foi N’Golo Kanté.

 

 

Chelsea é o que mais vence em Inglaterra

O Chelsea foi o clube inglês que mais venceu desde 2003, com a chegada do multimilionário Roman Abramovitch.
Com o russo, a equipa londrina venceu:
– 5 Premier League (2005, 2006, 2010, 2015 e 2016)
– 5 Taças de Inglaterra (2007, 2009, 2010, 2012 e 2018)
– 3 Taças da Liga (2005, 2007 e 2015)
– 2 Ligas dos Campẽoes (2012 e 2021)
– 2 Ligas Europa (2013 e 2019)