John Coltrane gravou a sua magnum opus A Love Supreme numa só sessão no dia 9 de dezembro de 1964.

O saxofonista enfiou-se nos estúdios de Rudy Van Gelder da Impulse! e deixou para a história esse caminho espiritual composto por Acknowledgement, Resolution, Pursuance e Psalm – uma suíte de quatro movimentos que reúne a polirritmia africana, a agitação do bebop, a urgência do free jazz, o sentimento do blues, a melancolia da música folclórica do extremo oriente e a libertação do gospel, nas palavras do músico e discípulo George Garzone.

A obra é tão esmagadora que Coltrane só a tocaria na íntegra apenas uma vez, no Festival de Antibes de 1965.

Mais longe do Mar da Ligúria onde fica Antibes e perto do Canal da Mancha onde fica Paris mora um artista assim: Neymar, também ele a percorrer o seu caminho rumo à transcendência.

 

 

Esmagado pelo peso do seu sucesso precoce teima em equilibrar a balança com derrotas tonitruantes. Contratado pelo PSG por 222 milhões tem como objetivo conquistar a Champions.

Há um ano lesionou-se e deixou a equipa desamparada e eliminada. Agora, no jogo decisivo com o Liverpool – e depois de uma derrota comprometedora em Anfield – mostrou o seu melhor lado.

 

 

Grupo C
1.º Nápoles 9
2.º PSG 8
3.º Liveprool 6
4.º Estrela Vermelha 4

Último jogo
Estrela Vermelha-PSG
Liverpool-Nápoles