Ir a Camp Nou despachar o Barcelona e a Munique dar cabo do Bayern parecia ser um belo cartão de visita do PSG.

E é (e será sempre).

Mas não chega para este City.

A derrota em Paris 1-2 no primeiro jogo das meias-finais da Champions compromete seriamente as aspirações dos parisienses.

E abre a porta da final de Istambul aos ingleses.

 

https://twitter.com/BelgianPlayers/status/1387513260635836420

 

Não há volta a dar

Esquece PSG, já foste.

Todos os números apontam para isso. Parece sina, mas ainda te falta um bocadinho assim, escrevíamos aqui na news.moosh em 2018.

Nunca uma equipa inglesa foi eliminada em casa depois de vencer 1-2 fora no primeiro jogo na UEFA.

Percebemos isto, Pochettino?

 

https://twitter.com/playmaker_PT/status/1387511072056352777

 

Pior.

O outro lado também não é menos negro.

OK, foi a primeira vez que o PSG perdeu 2-1 em casa no primeiro jogo. E nas 5 ocasiões que foi em desvantagem para a segunda mão com 1 ou mais golos de diferença acabou sempre eliminado.

E agora?

 

 

O que se passou?

Uma grande primeira parte do PSG e uma segunda ainda melhor do City.

Os franceses marcaram um golo nos primeiros 45 minutos – os ingleses marcaram dois no segundo tempo.

E com isso partem com uma GRANDE vantagem para a segunda mão em Manchester.

Teremos sempre aquele cruzamento que acabou em golo de De Bruyne e uma barreira tão mal feita que deu o segundo golo ao City.

O Mahrez agredeceu.

Mas tudo conta. E tudo se paga.

Sim, a bola vai mesmo passar pela barreira | foto Anthony Bibard IMAGO