Já sabemos que não é o Santiago Bernabéu (foi no estádio Alfredo Di Stéfano na Ciudad Deportiva del Real). Mas conta na mesma Real Madrid: derrota por 2-3 frente ao Shakhtar.

Luís Castro, o Shakhtar e toda a Ucrânia fizeram história nesta primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Tinha tudo para dar mal: o treinador português não podia contar com nove (NOVE) jogadores, entre eles Taison, Alan Patrick, Konoplyanka, Junior Moraes ou Ismaily.

Mesmo assim Castro foi a jogo de peito aberto.

E fez o que nunca nenhuma equipa ucraniana tinha feito – vencer na visita ao Real Madrid. O resultado até podia ter sido mais dilatado – mas também podia acabar em empate (valeu o VAR a anular o 3-3 nos descontos).

O que se passou?

Parecia fácil: ao intervalo e o Shakhtar foi para os balneários a vencer 0-3.

  • 0-1 por Tetê 29
  • 0-2 por Varane 33 (pb)
  • 0-3 por Manor Solomon 42

Na segunda parte Zidane tentou emendar a mão.

Com o clássico em Camp Nou com o Barcelona este sábado, o técnico francês deixou algumas estrelas a descansar mas teve de ir buscá-las: colocou Benzema, Kroos e Vinícius Jr no seugndo tempo, o Real ainda reduziu mas foi insuficiente.

  • 1-3 por Modric 54
  • 2-3 por Vinícius Jr 59

 

 

 

 

 

 

Todos os golos da noite de ontem: