É a contratação menos badalada do verão e aqui na Moosh ninguem percebe porquê. Pode valer 15 golos por época, o que equivale a um execelente médio ou a um avançado que não se pode desperdiçar.

Só que Thomas Gronnemark não é sequer futebolista. E já tem 42 anos. É dinamarquẽs e o que faz na vida é lançar bolas. E foi mesmo para isso que foi contratado pelo Liverpool.

 

 

“Um lançamento é como uma bola parada ou passe à distância. Tem de ser preciso”

Jurgen Klopp deu por ele através dos jornais alemães e não perdeu tempo a ir contratá-lo. “Nunca ouvira falar de treinadores de lançamentos laterais até ter lido algumas peças em jornais alemães. Depois de falarmos fiquei com a certeza de que o queria contratar”, diz Klopp.

“Se defrontasse o Liverpool pensaria muito bem antes de concederum lançamento lateral”, conta com graça o dinamarquês.

“Sei que tenho a profissão mais estranha do mundo”

Então e quais são as dicas?

É tudo uma questão de técnica. “Não é preciso ir para o ginásio ganhar dez quilos de músculo. Há 30 a 50 arremessos por jogo, se os laterais não dominarem a técnica, a equipa estará sempre a oferecer a bola ao adversário, diz Gronnemark.

Há alguém com dúvidas? Gronnemark passou pelo Midtylland que se sagrou campeão da Dinamarca com 10 dos 80 golos a serem obtidos através desta técnica que competiu em bobsleigh mas nunca jogou futebol.

E é recordista do Guinness nessa prática do arremesso, não esquecer.