Hoje 20h00
Liga dos Campeões
Man City vs Schalke
1.13 – 7.50 – 16.50

A 26 de dezembro o City caía para terceiro na Premier League depois de encaixar a terceira derrota (Leicester, Crystal Palace e Leicester), todas nesse mês fatídico.

O Tottenham era segundo e o Liverpool liderava com 7 pontos de avanço de Guardiola.

Desde aí, Pochettino tem vindo por aí abaixo (perdeu 5 vezes e é terceiro a 13 pontos do primeiro), Klopp perdeu com Guardiola 2-1 e somou 4 empates (perdeu 11 pontos) – a equipa de Manchester leva 10 vitórias em 11 jogos e recuperou o primeiro lugar.

1.º Man City 74
2.º Liverpool 73
3.º Tottenham 61
4.º Arsenal 60
5.º Man United 58
6.º Chelsea 57

Pep voltou a estar em todas as frentes:

  • Já levantou a Taça da Liga (4-3 nos penáltis contra o Chelsea)
  • É líder e pronto a renovar o título (faltam 2 jogos difíceis e seguidos com Tottenham em casa e United fora nos 8 jogos que faltam)
  • Sábado joga os quartos de final da Taça de Inlgaterra com o Swansea
  • E vem de uma vitória fora com o Schalke 2-3 no primeiro jogo dos oitavos de final da Champions

Não seria inédito para o CV de Guardiola, basta recordar os tempos de Barcelona:

  • Triplete na primeira temporada 2008-09 com Liga, Copa e Champions (a que acrescentaria a Supertaça de Espanha, Supertaça da Europa e Mundial de Clubes)
  • Venceu a Liga espanhola em 2009-10, caindo nas meias finais da Champions com o Inter de Mourinho e nos oitavos da Copa do Rei com o Sevilha
  • Em 2010-11 fez a dobradinha com Campeonato e Champions
  • Em 2011-12, a sua última temporada no Barça, acrescentou a Supertaça de Espanha, da Europa, Mundial de Clubes e venceu a Copa do Rei

 

E agora, o Schalke?

 

 

A equipa de Pep não marca tanto mas defende melhor – concedeu apenas 3 remates nos últimos 3 jogos do campeonato ante West Ham, Bournemouth e Watford (todas equipas do meio da tabela).

«El apetito está ahí tras romper récords el curso pasado, y eso es lo que más orgulloso me tiene». Guardiola

É gerir. Isso e as lesões. A lista é grande:

  • De Bruyne (de melhor assistente na época passada para ter feito apenas 16 jogos este ano)
  • Mendy (está fora há 4 meses)
  • Fernandinho (6 semanas)
  • Agüero, Gabriel Jesús, David Silva e Laporte tiveram ausências significativas

É assim que vai defrontar um Schalke ferido com a derrota em casa no primeiro jogo, mas que não tem nada a perder.

Em Gelsenkirchen o VAR ajudou os alemães na marcação de 2 penáltis que o árbitro espanhol Del Cerro Grande não viu.

O Schalke parece perdido: desde essa derrota cm o City somou mais 3 seguidas:

Man City 2-3
Mains 3-0
Düsseldorf 0-4
Werder Bremen 4-2

Com isto (2 vitórias nos últimos 10 jogos na Bundesliga), caiu para 14.º, a 4 pontos dos lugares de descida:

15.º Mains 30
14.º Shclake 23
15.º Augsburgo 22
16.º Estugarda 19
17.º Hanôver 14
18.º Nuremberga 14

(Descem os 2 ultimos e o antepenúltimo vai a um playoff de desromoção)

Além da montanha difícil que será transpor o Man City, restará ao Schalke a Taça da Alemanha – o duelo nos quartos de final com o Werder Bremen.