É para o título.

Há jogos neste fim-de-semana que vão deixar clarinho como água (ou não) os caminhos para os títulos em França, Alemanha e Espanha.

Não há volta a dar.

Repetição de 2016-17?

Em França será que vamos ter a repetição de 2016-17?

Foi o ano em que o Mónaco se intrepôs no domínio do PSG.

Os parisienses vinham de 4 títulos seguidos e viram a série interrompida pelos monegascos de Leonardo Jardim e Kylian Mbappé

  • o português recebeu o prémio de melhor treinador
  • e o francês foi considerado o melhor jogador jovem 

Vai daí, o PSG comprou o Mbappé ao Mónaco e as coisas voltaram ao normal.

 

Sheik that body, PSG

 

O PSG leva 3 títulos de enfiada. Mas volta a ver agora um possível percalço no caminho: desta vez chama-se Lille.

O PSG-Lille joga-se a 8 jornadas do final: estão os dois empatados com 63 pontos (mais 3 que o Lyon e 4 que o… Mónaco).

 

Bayern sem Lewa

Na Alemanha o Bayern leva 8 anos seguidos a vencer a Bundesliga.

Como se não fosse suficiente virou-se para a UEFA e anda a varrer tudo o que mexe: Champions, Supertaça Europeia e Mundial de Clubes.

 

Herr Flick e a oitava Bundesliga seguida do Bayern

 

Agora Flick e os amigos preparam-se para conquistar o nono título consecutivo da Liga – o 31º da história.

A não ser que o RB Leipzig diga alguma coisa.

Separados por 4 pontos a 12 jornadas do fim (61-57 a favor do Bayern) e sem Lewandowski que veio lesionado da seleção polaca, pode ser que a coisa aperte.

 

Atlético treme… e cai?

Em Espanha o título esteve no bolso de Simeone – o Atlético chegou a ter 11 pontos de avanço sobre o segundo (agora tem 4 e vai a Sevilha).

Aquele início de fevereiro foi catastrófico com a perda de 7 pontos em 3 jogos:

  • Celta 2-2
  • Levante 1-1
  • Levante 0-2

Seguir-se-iam mais 2 empates com Real Madrid (1-1) e Getafe (0-0).

Agora, a equipa de Madrid chega a Sevilha sem poder perder mais pontos, com o Barça a 4 pontos e a faltar ainda uma visita a Camp Nou na 35ª jornada.

 

Agenda Moosh

Sábado 3 de abril

Domingo 4 de abril