Patrik Schick é da Rep. Checa e gosta de fazer chapéus.

Onde é que já vimos isto?

No Europeu de 1996, quando Karel Poborský fez uma chapelada a Vítor Baía e eliminou Portugal nos quartos-de-final.

Os checos iriam até à final e perderiam com a Alemanha (com um golo de Bierhoff no prolongamento).

Mas do que nos lembramos é daquele minuto 53 contra Portugal.

A bola já saiu do pé direito de Poborsky e só resta ao Couto olhar | foto IMAGO

 

Chapéu à Escócia

Agora os escoceses também nunca mais se vão esquecer do minuto 52.

Schick fez pior à Escócia: marcou os dois golos da vitória 2-0 – um na primeira parte e outro na segunda.

Claro que é do segundo golo do avançado do Bayer Leverkusen que vamos sempre falar.