Parece coisa rara mas há bom futebol a decorrer nos Estados Unidos da América. E, para apimentar a coisa, a final dos play off MLS vai ter toque português.

É que o internacional português, Nani, de 33 anos, vai estar na final, erguendo a camisa do Orlando City para defrontar o Portland Timber nesta madrugada de terça-feira.

Achava que Nani estava acabado? No, sir: fez dois golos na vitória do City diante dos Minnesota United (3-1).

 

Nani, a recepção, o golo e a final da MLS

 

No jogo anterior, foi decisivo no jogo contra os Los Angeles FC, marcando o penálti final.

Esta competição marcou o regresso da competição depois da interrupção mundial do futebol e foi disputada em Orlando na Flórida, em formato de mundial, com fase de grupos e jogos a eliminar.

Quarta-feira 12 agosto 1h30
EUA – MLS is Back Tournament
Portland Timbers vs Orlando City
2,50 – 3,20 – 2,25

 

Escrevem os americanos que estas são as duas melhores equipas da competição e nós somos gente para acreditar. Vamos olhar primeiro para a equipa dos Orlando City.

Tem um João Moutinho na defesa (22 anos), tem um Oriol Rosell (28 anos, ex-Sporting) e tem um Nani.

Do outro lado está um clube que tem um patrão que já leva seis finais de torneios norte-americanos. Percebe disto – Gavin Wilkinson.

E uma equipa com muitos americanos (da baliza ao ataque) – e com um rapaz argentino chamado Sebastian Blanco que, com 32 anos, parece estar a dar muitas cartas neste torneio.

Sugestão de aposta:
Nani marca a qualquer momento
2,60

 

Bom, não havendo muitas informações sobre estas equipas, vamos a Luís Carlos Almeida da Cunha.

Saiu de Lisboa, dos leões, para rumar aos Estados Unidos. Agora, teve de parar, o que, para um jogador em fim de carreira, não deve ser propriamente fácil.

“Estou sem jogar há vários meses e estou ansioso por voltar aos relvados. Sinto-me seguro aqui”, afirmou, citado pelo zerozero, em julho deste ano.

A coisa mais engraçada é pensar que Nani esteve a estagiar na Disney World. Para quem andou por Inglaterra, Espanha, Turquia e Portugal, acabar a treinar ao lado do Rato Mickey é, no mínimo, caricato. Pior era se fosse na Trump Tower.

Do Real Massamá (onde tudo começou) ao Manchester United, andou ainda pelo Fenerbahçe, o Valência e a Lazio. Voltou duas vezes ao Sporting. Aterrou a custo zero nos EUA. E quem é que pode também voltar ao Sporting? Desculpe, ir para os Estados Unidos? Ronaldo.

Isto disse o próprio Nani à ESPN em junho deste ano. Mas o mundo já não é o mesmo, tudo muda num segundo, e é provável que Ronaldo jogue na Juventus até ter 89 anos.

Quanto a Nani, é ver se o sonho americano sempre se concretiza. Se não, é voltar a ser leão.