O momento mais alto do futebol escocês aconteceu em 1978. E mesmo assim não serviu para nada.

Estamos no Mundial da Argentina e a Escócia vence a Holanda mecânica por 3-2. É até hoje uma das vitórias mais marcantes dos escoceses, mas seriam eliminados na fase de grupos pois precisavam de mais 2 golos para seguir em frente.

Os golos de Kenny Dalglish e Archie Gemmill aumentaram o orgulho nacional e deram-nos uma das melhores cenas de Trainspotting.

O mesmo se passa no campeonato da Escócia: muita emoção mas o final é sempre o mesmo, ou ganha o Celtic ou ganha o Rangers (e ultimamente a coisa ficou mais monotemática).

 

Ninguém se compara a Ferguson

Desde 1985 que a Premiership é sempre igual: Celtic e Rangers estão a ver quem é o maior (com 18-17 em títulos favorável aos Católicos).

1985 foi o ano em que o Aberdeen venceu o campeonato pela última vez.

Na altura era treinado por Alex Ferguson (esse mesmo que iria revolucionar o Man United nos anos 90 e 2000, vencendo 13 Premier League – o clube tem 20 na sua vitrine).

No Aberdeen, Ferguson já havia feito o mesmo: venceu 3 dos 4 títulos da história do clube em 1979–80, 1983–84, 1984–85.

 

 

Dez?

Não há Ferguson mas há Neil Lennon (venceu cinco dos nove títulos seguidos do Celtic). E há a aliciante de o Celtic tentar vencer o campeonato… pela décima vez consecutiva.

Seria histórico.

A coisa já esteve para acontecer por duas vezes:

  • o Rangers venceu 9 vezes seguidas o campeonato mas não conseguiu chegar ao décimo (entre 1989 e 1997)
  • antes tinha sido o Celtic (entre 1966 e 1974)

Agora o Celtic, aproveitando o estado mais frágil do rival Rangers (já desceu de divisão devido a bancarrota), recebeu o nono título no campeonato que há um ano não terminou devido à pandemia – mas a federação deu-lhe o título devido aos 13 pontos de vantagem, com um jogo a mais, sobre o Rangers depois de jogadas 30 das 38 jornadas.

Se tal acontecer, o Celtic consegue distanciar-se da Juventus (Itália) e do Ludogorets (Bulgária), ambos com 9 títulos seguidos nos seus países.

Se os verde e brancos conseguirem, a luta será depois com o Lincoln (Gibraltar) e o Skonto Riga (Letónia), ambos com 14.

Segunda-feira 3 agosto 19h45
Escócia – Premiership
Ross County vs Motherwell
3,10 – 3,25 – 1,86

 

Novo formato

Menos de quatro meses depois da suspensão do campeonato, a Premiership est´a de volta e com novas regras: campeonato a três voltas e com 33 jornadas, menos cinco do que anteriormente.

O Celtic parte como favorito – e a demonstrá-lo está a goleada imposta ao Hamilton por 5-1 na primeira jornada, que o coloca já no topo da tabela.

Treinado por Neil Lennon quer impor-se novamente a Gerrard.

É a terceira época de Steven Gerrard no Rangers, que entrou a ganhar em casa do Aberdeen (0-1) e tem ainda a Liga Europa para disputar – depois de ter eliminado o Braga, vai agora enfrentar uma segunda mão difícil nos oitavos de final depois da derrota em casa 1-3 com o Bayer Leverkusen, equipa que eliminu o Porto.