A final da Copa América é no Marcanã e tem o Brasil. Está meio caminho feito para outro Maracanaço.

Lembram-se da final do Mundial de 1950? Aí o Brasil perdeu contra o Uruguai 2-1. Foi há 68 anos e 354 dias (os brasileiros nunca irão esquecer aquele dia).

Agora é com o Peru.

A história cumpriu-se e o Brasil, anfitrião da prova, está de novo da final. O Peru está de volta 44 anos depois e foi responsável por eliminar o Chile – atual bicampeão. A derradeira final é no domingo no Maracanã e tudo pode acontecer. Nós vamos estar cá para ver. Certo?

Domingo 21h00
Brasil vs Peru
1.22 – 4.55 – 9.00

O Brasil vai marcar presença na sua vigésima final da Copa América e tentar conquistar a sua nona taça.

A última foi ganha em 2007, quando a competição foi realizada na Venezuela, já lá vão 12 anos. Os brasileiros chegaram à final e eliminaram a Argentina por 3-0.

Das quatro vezes que receberam a prova em casa, nunca deixaram o troféu escapar.

1919 Brasil vs Uruguai 1-0
1922 Brasil vs Paraguai 3-0
1949 Brasil vs Paraguai 7- 0
1989 Brasil vs Uruguai 1-0

As restantes foram ganhas em 1997 na Bolívia, ano em que disputaram a final contra os donos da casa e ganharam por 3-1.

Em 1999 no Paraguai ganharam por 3 – 0 ao Uruguai e em 2004 no Peru, eliminaram a Argentina nas grandes penalidades por 4-2.

 

 

Este ano foi assim:

O Brasil e o Peru começaram a competição ambos no Grupo A, mas a selecção canarinha terminou em 1º lugar com 2 vitórias e 1 empate e o Peru no terceiro, com 1 vitória, 1 empate e 1 derrota.

Grupo A
1.º Brasil 7
2.º Venezuela 5
3.º Peru 4
4.º Bolívia 0

Nos quartos de final a selecção comandada por Tite afastou o Paraguai nas grandes penalidades por 4-3 e nas meias eliminou a Argentina, sua eterna rival por 2-0, com golos de Gabriel Jesus aos 19 minutos e Firmino aos 71.

 

 

Messi, que mais uma vez não conseguiu levantar o troféu, apontou duras criticas à arbitragem e acusou o Brasil de controlar a Copa América.

«Fizemos um grande trabalho e eles não foram superiores a nós. Criámos muito mais oportunidades do que eles, mas acabaram por marcar numa jogada isolada e depois num contra-ataque. Tinham de olhar melhor para a questão da arbitragem, mas como é o Brasil e o Brasil controla tudo na CONMEBOL, é complicado que façam algo. Mas a verdade é que nos faltaram ao respeito»

 

https://www.youtube.com/watch?v=etJnuMhcEgM

 

A selecção brasileira, chega à final com 10 golos marcados e nenhum sofrido, 5 desses golos tiveram como vítima o Peru, exactamente a selecção que vão defrontar na final. Calma, não há jogos iguais.

O Peru marcou presença em duas finais e ganhou-as.

A primeira vez foi em 1939 e segunda em 1975, já lá vão 44 anos. A final foi jogada a 3 mãos contra a Colômbia.

  1. jogo Colômbia vs Peru 1-0
  2. jogo Peru vs Colômbia 2-0
  3. jogo Colômbia vs Peru 0-1

 

https://twitter.com/CopaAmerica/status/1146629003303956480

 

É a selecção improvável da Copa América.

Depois de ter terminado a fase de grupos em terceiro lugar e de ter sido goleado pelo Brasil por 5-0, defrontou o Paraguai nos quartos de final e ganhou nas grandes penalidades por 4-5.

Nas meias finais da competição fez o improvável brilharete e eliminou o Chile, actual campeão por 0-3, com golos de Flores aos 21 mminutos, Yotun aos 38 e Guerrero aos 91.

Paolo Guerrero marcou o seu 13º golo na competição e é o jogador activo com mais golos marcados, superando o chileno Eduardo Vargas.

Andre Carrillo, o peruano conhecido pelos portugueses, por ter jogado no Sporting e depois ter sido contratado pelo clube da Luz esteve na origem dos dois primeiros golos da selecção peruana. O Chile ainda tentou ripostar e foi superior na segunda parte, mas a bola teimou em não entrar na baliza do Peru.

Pedro Gallese o guarda redes peruano foi responsável por 7 magnificas defesas e considerado o melhor jogador em campo.

 

https://twitter.com/pedrogallese/status/1146656924630470656

 

https://youtu.be/iMe6Yoh0P7U

 

As últimas 5 vezes que Chile e Brasil se encontraram, o domínio foi canarinho, já que ganharam por 4 vezes e perderam apenas 1. Agora veremos se a história se repete, ou se é escrito um novo capítulo na Copa América.

Resumindo e concluindo o Brasil cumpriu as expectativas de anfitrião e chegou à final, o Peru sofreu, lutou, eliminou os campeões e conquistou o seu lugar.

Domingo, não se esqueçam…