Inicio Crónicas

Crónicas

Quatro foi a conta que Thiem fez

Após a desqualificação prematura de Novak Djokovic, todos os olhos — com as suas temíveis expectativas — se voltaram para Dominic Thiem, o segundo pré-designado do torneio. E mais evidente se tornou que era esta...

La Liga, el Real e o vilão Messi

A novela de Lionel Messi no Barcelona promete durar até o argentino decidir reformar-se, ou sair de Camp Nou. Estava de malas aviadas, mas preferiu não ir para o tribunal e permanecer no clube...

Os Bucks voltaram a sair mais cedo da festa

Em Orlando, a encosta para chegar ao anel continua a ser um trilho bem animado de percorrer — qualquer confusão com Orodruin ou a Montanha da Perdição, em Mordor, é pura coincidência. Há sempre gente...

Bye bye Djokovic

O sérvio e líder do ranking mundial foi ontem desqualificado em Flushing Meadows, quando perdia 6-5 — e com break de desvantagem ­— com o espanhol Pablo Carreño-Busta, depois de ter acertado com uma...

Liga das Nações: à procura do bicampeonato

Ninguém andava muito contente com esta nova aposta da UEFA até Portugal vencer a Liga das Nações, depois de bater a Holanda por 1-0 o ano passado. Mas como é que tudo isto funciona?...

Tour de France: 11 contra 11 e no final ganha Roglič

Sorrir já foi coisa mais imediata no reino das duas rodas. O ano passado, durante a Volta a Polónia, morreu um dos mais talentosos ciclistas da sua geração, o belga Bjorg Lambrecht. Como é...

US Open: entrou a gosto, não soube a pouco

Bem sabemos que nada iguala o estado caótico em que se encontra o futebol, mas o ténis também tem um q que se lhe diga. Há pouco tempo Novak Djokovic resolveu fazer um torneio...

US Open: podem servir o banquete

Pode parecer estranho que hoje seja segunda-feira. Normalmente, os almoços de família com comida suficiente para se tornarem jantares decorrem ao domingo. Essa ideia de banquete parece não bater certo com um dia em...

Messi e o tiki-taka para longe do Barcelona

Bem sabemos que 2020 tem sido um ano surpreendente pelas piores razões. Mas o primeiro ponto que importa referir, ainda que a iminente saída de Leonel Messi do Barcelona seja o ponto alto do...

O canto dos gigantes e a Nova Grécia

A bonita fábula de Andy Murray chegou ontem ao fim — e com estrondo. O britânico sucumbiu com um duplo 6-2 aos pés do gigante de aspirações renovadas: Milos Raonic. O canadiano de 1,96m...

Mais populares