Chega hoje ao fim a 32.ª edição da Taça das Nações Africanas, este ano no Egipto por razões que já aqui esclarecemos e que os Camarões não gostam que se esclareça. Esclarecido?

Os dois sobreviventes são o Senegal que vai tentar conquistar o seu primeiro troféu, e a Argélia que tenta o seu segundo triunfo 29 anos depois.

Hoje 20h00
Final CAN
Senegal vs Argélia
2.60 – 2.55 – 2.55

As duas selecções já pisaram uma final, mas apenas a Argélia levou a melhor.

Em 2002 os senegaleses defrontaram os Camarões e perderam nas grandes penalidades, depois do empate 0-0. Perderam 3-2 nos penáltis – nunca houve tanta gente conhecida a falhar: Faye, Diouf e Cissé.

Já a Argélia teve o seu momento de ouro em 1990, ano em que foram anfitriões da prova.

Os argelinos ganharam 1-0 à Nigéria e ficaram com a Taça em casa. Vale até hoje o golo de Chérif Oudjani. Ou seja, foi uma final Madjer vs Yekini se é que nos fazemos entender.

Depois disso zero, nicles-bataticles para a Argelia até hoje.

 

 

Este ano a viagem pela CAN começou no grupo C para as duas selecções, no qual terminaram nos dois primeiros lugares.

Grupo C
1.º Argélia 9
2.º Senegal 6
3.º Quénia 3
4.º Tanzânia 0

A Argélia conseguiu o pleno ao ganhar os 3 jogos – marcou 6 golos e não sofreu nenhum.

Agora só tem de repetir o que fez na fase de grupos e ganhar ao Senegal. Só que agora a coisa é mesmo a doer.

Argélia vs Quénia 2-0
Senegal vs Argélia 0-1
Tanzânia vs Argélia 3-0

O treinador argelino está confiante em repetir a vitória da fase de grupos, e nem o facto de o Senegal ser a melhor selecção africana no ranking da FIFA (ocupa o 25.º lugar) é razão para lhe tirar o sono. Quem ganha uma vez, ganha duas ou três.

«Vamos representar o nosso país da melhor forma e temos de respeitar o país que somos. Estamos 100% prontos para a final» Djamel Belmadi

A principal estrela argelina Riyad Mahrez tem sido imprescindível à equipa. À conta do jogador do Man City já somam 3 golitos na competição.

Slimani, esse, passa a vida no banco, mas já foi decisivo nos quartos de final contra a Costa do Marfim – foi um dos que marcou nas grandes penalidades e ajudou a Argélia a passar às meias finais 1-1 (4-3).

No jogo das meias finais, Mahrez foi responsável por fazer o 2-1, aos 95 minutos, levando a selecção até à final.

 

https://twitter.com/origi96/status/1150732654872055808

 

 

O percurso argelino na prova:

Oitavos de final
Argélia vs Guiné 3-0

Quartos de final
Costa de Marfim vs Argélia 1-1 (4-3)

Meias finais
Argélia vs Nigéria 2-1

 

O Senegal chega à final graças a um autogolo marcado pelo tunisino Dylan Bronn.

Depois de 0-0  nos 90 minutos, Dylan resolveu, mas para o adversário.
Há coisas assim.

Pelo caminho a equipa senegalense eliminou o Uganda e o Benim.

Oitavos de final
Uganda vs Senegal 0-1

Quartos de final
Senegal vs Benin 1-0

Meias finais
Senegal vs Tunísia 1-0

 

À semelhança da Argélia, o Senegal também conta com uma estrela a jogar no campeonato inglês. Sadio Mané de seu nome e diz que está pronto para ganhar mais uma final este ano e acabar a época em grande.

A primeira foi a Liga dos campeões. Sim eu sei que já sabiam, mas não convém esquecer.

 

 

Aliou Cissé é o técnico da selecção há 5 anos, era jogador do Senegal quando perderam a final de 2002 e garante que não quer repetir a experiência este ano.

«A nossa filosofia é fazer um jogo de cada vez e tentar jogar o melhor futebol para apagar a decepção de 2002. É um sonho ganhar o título da AFCON para todo o povo senegalês. Estamos a dois passos de realizar esse sonho que não poderíamos alcançar em 200»

Nos últimos 5 confrontos entre as duas selecções a Argélia ganhou 4 e empatou 1, veremos qual é o capítulo há história que hoje será escrito.