Lembra-se da estátua de Cristiano Ronaldo no aeroporto da ilha da Madeira?

Aquela que foi feita cheia de boas intenções, mas que parecia ter caricaturado o CR7 como se lhe tivesse dado uma travadinha.

Um sucesso autêntico, certamente.mick schumacher

Não sendo propriamente a mesma estrutura, parece que Lionel Messi, o grande rival do craque português, também mereceu as devidas honras e homenagens.

Pelas piores razões. Uma réplica do argentino acabou de chegar ao Museu de Cera do Barcelona. Os comentários à obra têm, no seu conjunto, sido fantásticos. “Horror”.

“Nada a ver com Messi”. “Christian Bale?”. “Fernando Alonso?”.

Há 15 anos que o museu não recebia uma nova peça – e cada uma delas pode custar até 15 mil euros. Uma pipa de massa para ninguém gostar.

Talvez esteja na altura de deixarmos de homenagear as grandes personagens da nossa vida. Agora só falta a de Neymar, já que o jogador brasileiro confessou que queria jogar ao lado do astro argentino no próximo ano. A ver vamos.

 

 

Big Dier is watching you!

É provável que o leitor já se tenha esquecido da febre das apps, dos unicórnios e das Web Summits.

A verdade é que continuam cá e já estão a contagiar jogadores de futebol.

“Spotlas” é a nova app criada pelos irmãos Dier (sendo o mais conhecido o que joga no Tottenham e o outro, o Patrick, CEO da empresa), que nos vai dizer onde é que os amigos e familiares foram passar férias, comer, dançar, o que seja.

Uma espécie de Zomato Premium meets Trivago que mais não serve para ajudar os preguiçosos que nem uma busca no Google conseguem fazer.

«Como cresci em Lisboa, todos me faziam perguntas, toda a gente perguntava sobre restaurantes, bares, onde ir. Tinha isso numa lista, agora está tudo numa plataforma para juntar a informação e permitir que as pessoas possam também interagir para que a experiência seja ainda melhor»

Só espere é ter daqueles amigos que acha que percebe muito de restauração e que vai querer impressionar toda a gente com as suas recomendações fantásticas.

O único problema é mesmo se escolher um sítio que mais nenhum dos seus amigos gosta. Vai passar a ser a ovelha negra do círculo. Mas é a vida.

“Quem te recomenda na app, teu amigo é!”. É assim, não é?

Por último, tenho já uma sugestão: mudar o nome do clube inglês para Tottenham Spotlas.

É que se isto correr bem, não nada que consiga parar os irmãos Dier.

 

Um círculo de meio-campo bizarro

Esta semana conseguimos encontrar algo mais bizarro do que a nova estátua de Messi: o pior círculo de meio campo da história dos campos de futebol.

Foi encontrado na terceira divisão brasileira, durante um jogo entre o Cambé e o Paranavaí, a contar para o campeonato estadual do Paraná.

A partida decorreu ainda no mês passado, mas chegou mesmo a ganhar algum mediatismo, chegando até a ser referido pelo jornal inglês, The Guardian.

Não se pode confirmar ao certo em que condições foram pintadas aquelas linhas, mas a pessoa deveria estar muito bem disposta.

Para a próxima, quando for parado pela polícia, é bom que ninguém lhe peça para desenhar um círculo no chão. Acaba o senhor agente todo rabiscado.

 

 

Frase da Semana:

“Eeeeeeeeh!”

Sim, parece estranho, mas esta é a frase da semana e vem do menino bonito de Manchester United, Bruno Fernandes. O médio estava com pressa para que se fizesse uma substituição e resolveu gritar para Ole Gunnar Solskjaer, treinador dos reds. Qualquer dia trocam de lugares.

 

 

 

Sugestão:

Jogar Football Manager. Pode literalmente salvar vidas.

Sharad “Sasha” Vermalanatthan contou ao Sports Bible que foi salvo pelo famoso videojogo de computador, depois de ter diagnosticado com uma doença rara que afecta os nervos.

“Acredito que este jogo curou-me a mente fraturada e, ao fazê-lo, tornou-me numa pessoa mais forte”, disse.

Mesmo que não padeça de nenhuma maleita, pode jogar o jogo na mesma. Como é óbvio.