Pois é, o tenista britânico Andy Murray é idiota. Calma, não somos nós que dizemos. É o próprio.

The ring

Resolveu fazer um vídeo nas suas redes sociais com um dilema interessante: perdeu o anel de noivado. E, quem sabe, a mulher.

É que os seus ténis foram roubados na Califórnia e o objeto dourado (ou de diamante, ou do que ele quiser) estava lá agarrado. Bonita ideia, sem dúvida.

 

 

O antigo número um perdeu o dito cujo no início do mês e é provável que nunca mais o recupere. Claro que dinheiro não lhe falta. Resta saber se vai ter a mesma parceira no dia do casamento.

 

Juan, o idiota

E de alegados idiotas, vamos para alguém idiota.

Juan Barnabé, antigo tratador da águia do Benfica, foi apanhado com a mão no ar.

Não, não estava a chamar um táxi. Não, não estava à procura da águia. Estava sim a fazer a saudação nazi, aparentemente.

 

 

A Lazio, seu novo clube, suspendeu-o e agora pode muito bem ser despedido.

O curioso é saber que Juan tinha sido despedido do Benfica em 2010 depois de ter agredido alegadamente um diretor do clube da Luz.

Só foi pena a Vitória não lhe ter dado mais bicadas nas mãos.

 

Apanha-bolas bom de bola

Para terminar, uma história de desportivismo, que isto não pode ser só coisas más.

Antes de um jogo entre o Pampilhosa e o Oliveira do Barro.

A primeira equipa referida, que era a visitante, teve um dos seus jogadores a aquecer com um apanha-bolas mais novo.

O rapaz é atleta da formação do Oliveira do Barro e já mostra alguns dotes.

Há pouco disto no futebol, por isso, vale a pena partilhar.

 

Frase da semana

«Traz um raio de esperança»

 Lourenço França, diretor técnico do Acro Clube da Maia, clube da ginata portuguesa Filipa Martins, citado pelo jornal O Jogo. Esta craque garantiu presença no all around dos mundiais de ginástica artística esta semana. Não é só um raio de esperança, é um raios-me partam que a rapariga vai longe. É a primeira portuguesa a disputar uma final por aparelhos nesta competição e está assim no grupo das oito melhores para as rotações da final all-around. Siga em frente!

 

 

Sugestão da semana:

Por falar em Andy Murray, há um documentário sobre o tenista na Amazon Prime.

É de 2019 e dá pelo nome de “Resurfacing”, ou seja, voltar à ribalta ou ressurgir, ou pesquise a melhor tradução que nós já não temos tempo.

Retrata a lesão grave que teve entre 2017 e 2019 e de como foi voltar a subir os degraus do ténis mundial.

 


JPC,