Têm acontecido coisas estranhas no futebol.

José Mourinho é o novo treinador do AS Roma, sucedendo a Paulo Fonseca. O Benfica já não pode ser campeão nacional a 4 jornadas do fim e os leões estão perto de quebrar a maldição de 19 anos sem vencer um título.

Ora, mas há coisas mais estranhas: uma equipa inteira de futebol a passar o seu treino a ver um filme de pancadaria.

 

 

Pois é, foi o Belenenses Sad pela mão do seu treinador Petit.

E adivinhe que filme foi? Um romance? Uma comédia?

Não, Mortal Combat, que, no fundo, é mesmo só homens e mulheres à batatada. A piada faz-se sozinha mas aconteceu mesmo.

O clube pode ainda ir aos Play-offs e descer mas isso não impede o técnico português, conhecido por também dar umas belas pancadas em campo, de encontrar novas formas de motivar os seus jogadores.

Vamos ver se resulta nas jornadas que faltam.

 

Lisbon não, Portugal

Podíamos falar de Félix Correia, aquele jovem de 20 anos que a imprensa portuguesa já apelida de o “substituto de Cristiano Ronaldo na Juventus” (e oitavo português
a representar o clube de Turim), mas vamos falar se outro craque.

Falemos de Bruno Fernandes, que ainda não é lenda do Manchester United mas quase.

Talvez imbuído da possibilidade de ver o anterior emblema campeão, corrigiu um jornalista durante uma conferência de imprensa.

Tudo porque foi dito “Sporting Lisbon” em vez de “Sporting Portugal”.

 

 

Kobe no Lumiar

Para terminar, uma história bonita: na zona do Lumiar foi inaugurado um mural em homenagem a Kobe Bryant num prédio de doze andares.

Ninguém sabe da relação entre esta região e o desporto, mas a homenagem é muito bonita. E os desenhos ficaram incríveis. É visitar!

 

A frase da semana:

«Acho que há um clima de impunidade no futebol português»

Podia ter sido um político ou um daqueles poetas do Twitter mas não, foi mesmo o treinador do Benfica, Jorge Jesus, que disse esta frase. Não é o primeiro nem será o último, mas ouvir um homem do futebol a dizer isto tem alguma importância. Ainda por cima sem erros de português.

 

Sugestão da semana

“Never Give In” um novo documentário de futebol desta vez sobre Alex Ferguson, o mítico treinador do Manchester United (1983 até 2013) vai explorer a longa carreira desta lenda viva dos red devils.

Os dias em que jogou no Rangers, o sucesso no Aberdeen e no United e até testemunhos de outras lendas, como Cantona. É ver, assim que estiver disponível.