A rivalidade chegou a Berlim e veio para ficar. Apenas 1 ponto separa as duas equipas que mesmo sem adeptos não deixa de ser um dérbi especial.

Durante quase 30 anos o muro de Berlim dividiu a cidade mas não os clubes Union e Hertha, separados mas com um sentimento de solidariedade que os juntava.

Aquela que é uma história de amizade entre os dois clubes cimentada pelo desejo de reunificação da Alemanha antes da queda do muro de Berlim, está hoje mais esquecida e passados 30 anos o desejo de uma rivalidade na capital fala mais alto.

O primeiro jogo entre as duas equipas na Bundesliga foi prova disso e hoje podemos dizer: há rivalidade em Berlim!

A batalha pelo rei de Berlim terá um 2º capítulo. O Este e o Oeste encontram-se outra vez e apenas 1 ponto separa as duas equipas.

 

Sexta-feira 19h30
Bundesliga
Hertha Berlim vs Union Berlim
2,30 – 3,25 – 3,05

 

 

O primeiro jogo entre as duas equipas na Bundesliga foi histórico. Era a primeira vez que as duas equipas se encontravam na Bundesliga e também a primeira entre equipas do Este e Oeste de Berlim.

Hoje, os adeptos mais novos tentam fazer crescer uma rivalidade com historial de amizade.

Berlim estava dividida e havia um sentimento generalizado de solidariedade para com a cidade inteira, pelo que as rivalidades apesar de existentes apenas estavam confinadas às respectivas partes de Berlim. No Este, o Union debatia-se com o Dinamo de Berlim, o clube do regime, o que por si fez do Union tornar-se um clube marcadamente ideológico, anti-regime e com motivações sociais que perduram até aos dias de hoje. Na parte Oeste, o Hertha tinha a sua rivalidade com o Tennis Borussia.

Antes da queda do muro era até habitual adeptos do Hertha – os únicos com permissão para passarem para o lado Este – assistirem a jogos do Union no Alte Försterei.

Em contraste com as rivalidades que se foram formando pelas capitais de toda a Europa, na Alemanha essas foram crescendo noutras zonas do país, nomeadamente em zonas tradicionalmente mais ricas (Baviera, Renânia do Norte-Vestfália). Por isso não há também nenhum colosso do futebol em Berlim. Há o Hertha, já na sua 37ª participação na Bundesliga, mas longe de ser um clube de referência na Alemanha.

 

Ainda assim em Berlim habitam dezenas e dezenas de equipas. Desengane-se quem pensa que em Berlim não há cultura de futebol. Há e é tremendamente influenciada pela história da cidade e pelas subculturas que entretanto foram surgindo dentro de Berlim.

No caso da relação entre Union e Hertha, esta só agora começa a dar os seus primeiros passos para a rivalidade.

 

Seria também difícil criar qualquer tipo de animosidade mesmo após a queda do muro de Berlim, quando o Union passou maior parte do tempo nos escalões inferiores e a lutar pela sua sobrevivência financeira.

A primeira presença na 2.Bundesliga deu-se apenas em 2001 e por sinal nesse mesmo ano chegaram à final da Taça da Alemanha e tornaram-se a primeira equipa do 3º escalão do futebol alemão a apurar-se para a antiga Taça UEFA.

Ainda assim só em 2009 solidificaram o seu lugar na 2º divisão, depois de salvos financeiramente pelos próprios adeptos que angariaram dinheiro para o clube através de donativos de sangue.

Union de ferro

 

Será desta que temos uma rivalidade à séria em Berlim?

Antes do jogo entre as duas equipas na primeira ronda da presente temporada, apenas por 5 vezes equipas berlinenses jogaram entre si na Bundesliga.

Hertha tem agora um rival na disputa pelo lugar de melhor equipa de Berlim.

Depois de 10 anos seguidos na 2.Bundesliga este tem sido o ano de estreia do Union na primeira, também fazendo história ao ser a primeira equipa do Este de Berlim a conseguir chegar à Bundesliga.

As duas equipas encontram-se agora afastadas apenas por 1 ponto.

Bundesliga
1º Bayern 58 pontos
(…)
8.º Schalke 37 
9.º Hoffenheim 35 
10.º Colónia 33 
11.º Hertha 31 
12.º Union 30 
13.º Eintracht 28 
(…)

O jogo histórico da primeira volta deu vitória para o Union por 1-0. Um penálti já nos instantes finais da partida fez de Sebastian Polter o herói.

O ambiente foi frenético, com cânticos e coreografias a preceito e um show de pirotecnia que valeu até a interrupção do jogo por alguns instantes.

 

A primeira vez que Union e Hertha se encontravam na Bundesliga merecia um espectáculo assim. A história do jogo ganhou outro encanto também pelo facto das duas equipas se encontrarem em pólos geograficamente opostos de Berlim, a primeira vez que tal acontecia na Bundesliga.

Foi o 5º jogo oficial entre as duas equipas, com os quatro jogos oficias anteriores a terem lugar na 2.Bundesliga, nas épocas de 2010-11 e 2012-13.

Apesar dessas temporadas na segunda divisão terem despertado a vontade por uma rivalidade, para o Union era difícil ainda competir com o Hertha. A equipa da parte oeste de Berlim tinha historial de Bundesliga e as presenças no segundo escalão foram sempre passageiras.

O Hertha vai hoje na 37ª participação na Bundesliga, o Union na primeira de sempre.

Os mais de 70 mil lugares do Olímpico de Berlim vão estar vazios a contrastar com o ambiente frenético de casa cheia que se viveu em novembro no Alte Försterei. Sem adeptos perde-se a oportunidade de elevar este dérbi a outro patamar. Ainda assim o lugar pelo rei de Berlim continua a estar em jogo.