Don’t cry for me Barcelona

Messi voltou ao Barelona – mas para se despedir. O maior marcador de sempre e também o maior ídolo de um clube que teve Cruijff e Maradona deixou Camp Nou em lágrimas. A caminho de Paris. Aos 34 anos – chegou com 13 à Catalunha – Messi deixa os blaugrana de mão estendida.   A … Continue a ler Don’t cry for me Barcelona