É o primeiro confronto entre Jorge Jesus e Sérgio Conceição em clássicos (entre Benfica e Porto) e a expectativa é enorme até pela menor produção de um e outro conjunto.

 

Choque de 4x4x2

Não deverá deixar cair o sistema com dois avançados, o técnico dos azuis. Taremi incrementou os seus índices de agressividade e com isso a aposta de Sérgio Conceição tornou-se mais clara.

O Pressing de Marega e Taremi sobre Otamendi e Vertonghen deverá impedir construção encarnada de estabelecer ligações fáceis com as zonas de criação, obrigando o Benfica a um jogo por vezes mais longo direcionado para Darwin.

FC Porto 2,65 vs SL Benfica 2,75
Quarta-feira 23 dezembro 20h45

 

Uribe e Sérgio Oliveira formam um meio campo capaz de roubar a posse para poder assumir o jogo, e da força do meio azul deverá impor-se a toada do jogo. De um lado a capacidade de recuperação de Uribe e o critério de Oliveira, do outro Gabriel e Taarabt que jogam sempre no limite do risco em posse e com isso geram perdas e incertezas na chegada ao ataque.

Mas, nem por a matriz técnica da partida empurrar o FC Porto para a frente, o Benfica terá menos chances de poder triunfar.

Mais baixo, haverá mais espaço nas costas de Mbemba e Diogo Leite para Darwin mostrar-se onde é realmente forte.

Com Luca nas costas, o alemão capaz de definir com grande categoria o último passe e as acelerações de Rafa, juntando as dificuldades do Porto na presente temporada em controlar a transição defensiva, partindo da perda com os dois laterais muito altos, o maior ímpeto azul em ataque posicional poderá trazer oportunidades para o Benfica contra atacar.

E é precisamente a acelerar com espaço que a equipa de Jesus já provou ser competente.

Um confronto entre dois treinadores com ideias bem fixas, mas que ainda assim gostam de exacerbar o lado estratégico até na bola parada.

Aveiro receberá novidades no quinto momento do jogo, e desde a partida de Alex Telles que o nível entre os rivais na bola parada se equivaleu também.

A criatividade de Jorge Jesus e Sérgio Conceição nos cantos, lançamentos e livres laterais é imensa e Aveiro bem poderá presenciar golos marcados por defesas.